terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Sem fim

Acho uma grande bobagem essa história de que o mundo vai acabar,assim, do nada...
Mas se isso acontecer mesmo venho declarar que estou satisfeita comigo.
Nunca precisei mentir, invejar, trair, disfarçar.
Confesso que já inventei algumas desculpas, fiquei com preguiça,tive raiva, guardei rancor, mas tudo isso passou!
Nunca precisei passar por cima dos outros,desdenhar, ser racista, preconceituosa ou coisa parecida.
Admito que demorei pra aceitar algumas coisas, desculpar algumas pessoas e diferenciar algumas de outras, mas fiz tudo isso quando meu coração estava pronto.
O tempo do coração é diferente do tempo do relógio!
Nunca precisei fingir,fugir, ignorar.
Confesso que fui/sou orgulhosa, impaciente, nervosa, egoísta,mas tudo isso são resquícios de decepções passadas.
Nunca precisei ,agredir, odiar, desejar o mal.
Confesso que já gritei, fechei a cara, tive comportamentos totalmente imaturos que nem eu mesma acredito, mas fiz tudo isso pra ser notada (e quem nunca o fez?)
Nem sempre tive atitudes decentes, falei o que queria, senti o que deveria, falei o que sentia.
Fiz muita coisa errada, fui mal exemplo,mas sempre me corrigi.
E o mais importante, nunca desisti de mim!
Acho uma grande bobagem essa história de que o mundo vai acabar,assim, do nada...
Ainda tem muita coisa que eu quero concertar pra viver, ainda tem muita coisa que eu quero viver pra concertar.
Ainda tem muito amor que eu quero dar.


Sem fim!

De minha autoria



2 comentários:

  1. PARA ESCREVER BASTA QUERER....ESCREVA COM SINCERIDADE.Exercite seu poder com a escrita, veja ao se redor...e escreva.Voce pode!

    ResponderExcluir
  2. Lindo seu poema, como voce escreve bem. Cantinue!

    ResponderExcluir